Alunos da 17ª CRE usam apps para criar histórias em quadrinhos e cartões de Dia do Amigo

Alunos das escolas Otávio Bos, de Giruá, e Albino Fantin, de Horizontina, ambas da 17ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), usaram aplicativos para criar histórias em quadrinhos e cartões virtuais para o Dia do Amigo. Os estudantes foram provocados pelas suas professoras, que buscavam, ao mesmo tempo, promover a integração da turma e incentivá-los a conhecer as novas ferramentas.

A coordenadora da 17ª CRE, de Santa Rosa, Beatriz Santina Cancian Milbradt, observa que o isolamento social gerado pela pandemia mostrou a importância do acesso às ferramentas digitais. Nesse sentido, entende que cabe à escola proporcionar aos estudantes este acesso e incentivar a utilização das tecnologias para o desenvolvimento das aprendizagens previstas nos currículos escolares e do protagonismo na sociedade. “Hoje, tecnologia e aprendizagem estão intimamente ligadas à construção de novos conhecimentos e às novas formas de aprender”, analisa.

A coordenadora ressalta que o ensino híbrido, a partir deste momento, passa a fazer parte da realidade da educação pública e deverá permanecer como metodologia de trabalho nas escolas mesmo após a pandemia. Por este motivo, a regional tem incentivado professores e alunos a fazerem uso da tecnologia, o que tem gerado entusiasmo nos alunos, de acordo com Beatriz.

Otávio Bos

Os alunos do 5º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental Otávio Bos, de Giruá, fizeram o projeto “Criando Histórias em Quadrinhos”. Eles usaram o aplicativo Comica para fazer histórias em quadrinho em homenagem ao aniversário de 88 anos da instituição de ensino.

A atividade teve como objetivo incentivar o uso das tecnologias no ensino remoto, priorizando a criatividade e a autonomia dos alunos. Foi lançado um desafio em uma aula online, no Google Sala de Aula, para os estudantes criarem uma história em quadrinhos, homenageando a Escola.

Primeiramente, a professora de Português Katiussa de Oliveira Soares da Silva postou no grupo de WhatsApp com os alunos uma história em quadrinhos criada por ela. Curiosos pela ferramenta, os estudantes foram provocados a baixar o aplicativo Comica e usá-lo para fazer as homenagens. A docente conheceu o programa na live da professora Maidi Dalri sobre Gestão Tecnologia, na Trilha Online Gestão na Educação, promovida pela Secretaria Estadual da Educação (Seduc), em parceria com o Sebrae-RS.

“Eu testei primeiro no meu celular, vi que não era tão impossível de trabalhar com o Comica com os meus alunos e aproveitei o aniversário da escola para desafiá-los. Eu fiz sem valer nota, mas, para minha surpresa, vários fizeram”, comemora Katiussa. O próximo passo, segundo a professora, é criar um gibi da turma, com uma história mais extensa, acompanhada de fotos ou animações.

Albino Fantin

Os estudantes da turma 10 do Curso Técnico em Administração da Escola Albino Fantin, de Horizontina, realizaram na aula de informática da professora Joana Spohr, um amigo secreto virtual. A atividade teve como objetivo conhecer novas ferramentas tecnológicas e promover a integração da turma. O sorteio foi realizado por um site e o presente foi um cartão virtual personalizado, feito com o aplicativo Canva.

Além de utilizar os recursos do Google For Education, os alunos também estão conhecendo diversos aplicativos e ferramentas para trabalhar de forma colaborativa e criativa, segundo Joana. “Esse contato não presencial acaba esfriando as relações, e a turma já era nova, tivemos pouco contato presencial. Então, tive a ideia de aproveitar o Dia do Amigo e fazer um amigo secreto online”, conta a professora.

Conforme a docente, a atividade foi muito legal, teve boa participação e serviu para entrosar a turma. “Estamos usando muito as novas tecnologias nas nossas aulas”, comenta.

Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Publicidade