Novo golpe se utiliza da troca de nudes para coagir vítimas

A vítima recebe solicitação de amizade em rede social de uma pessoa desconhecida, de aparência jovem, e ao aceitar tal solicitação o/a golpista passa falar com a vítima por meio de bate-papo, pedindo o número de celular do(a) ofendido(a).

Após ganhar a confiança, o/a golpista envia fotos de pessoas nuas e pede que vítima envie também.

No dia seguinte a vítima é recebe ligação de uma outra pessoa se fazendo passar por policial ou parente daquela pessoa que havia iniciado a conversa, dizendo que ela/ele é menor de idade. Este falso policial ou parente solicita então dinheiro (depósito bancário) para não realizar registro de ocorrência ou divulgar as fotos que a vítima também enviou.



Fonte: Polícia Civil RS

Publicidade