22º Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza

A secretária Municipal de Saúde informa que a vacinação irá ocorrer na sala de vacinas do município, localizada junto ao ESF 2 no bairro Santo Antônio anexo ao prédio do INSS, no horário das 07:30 às 11:30 e das 13 às 16 hs de segunda a quintas-feiras, sendo que nas sextas-feiras as atividades enceram as 15 h. Nos outros ESFs , segue cronograma:

ESF 1 ( São José) : 06/04/2020 : 08 h as 11 h e das 13:30 as 16 h.

ESF 3 ( Mucha) : 07/04/2020 : 08 h as 11 h e das 13:30 as 16 h.

ESF 5 ( Santa Rita) : 08/04/2020 : 08 h as 11 h e das 13:30 as 16 h.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção.

Em 2020, será realizada a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, no período de 23 de março a 22 de maio de 2020, sendo 09 de maio, o dia “D” de mobilização nacional.

Nesta campanha, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. A meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a vacinação. Visando ampliar o acesso à vacinação dos grupos mais vulneráveis, as pessoas de 55 anos a 59 anos de idade também serão vacinadas, até o ano de 2019 a vacina estava disponível para as adultos de 60 anos e mais de idade.

O Ministério da Saúde tomou a decisão de realizar esta campanha com um mês de antecedência, que historicamente acontecia em abril, pelo momento que o mundo passa no combate ao coronavírus e em virtude da confirmação de dois casos no país, apesar desta vacina não prevenir contra esse novo vírus. Com isso, pretende-se proteger a população contra a influenza além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde. Destaca-se que os sintomas desta doença são semelhantes aos do coronavírus e essa antecipação visa reduzir a carga da circulação de influenza na população.

Neste período, oportunamente, também serão disponibilizadas as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da criança e da gestante, esta ação busca o resgate e vacinação de não vacinados, por considerar o risco para as doenças imunopreveníveis, além das baixas coberturas vacinais neste público. A estratégia será realizada considerando, momentos específicos para a mobilização da população para a vacinação, a saber:

Fases da Estratégia

Grupos prioritários

Data para iniciar a vacinação por grupo

1ª fase

– Idosos (60 anos e mais) e trabalhadores da saúde

23/03

2ª fase

– Professores das escolas públicas e privadas

– Profissionais das forças de segurança e salvamento

– Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais

16/04

3ª fase

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos

– Gestantes

– Puérperas

– Povos indígenas

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas

– População privada de liberdade

– Funcionários do sistema prisional

– Adultos de 55 a 59 anos de idade

09/05

Fonte: Assessoria de Imprensa – Prefeitura Municipal de Giruá