Agricultores de Giruá investem em sistemas de irrigação

A água é o principal insumo de qualquer cultura que cultivamos. Por isso, a Emater/RS-ASCAR sempre incentivou os produtores a instalarem sistemas de irrigação. Outro fato conhecido é que, de forma cíclica, uma seca drástica ocorre a cada 7 anos e a cada 10 anos temos perdas por estiagens moderadas em 6 safras. Entretanto, apesar da irrigação ser um seguro para o produtor contra estiagens, o principal objetivo da irrigação, no entendimento da Emater/RS-ASCAR de Giruá, é o incremento na produtividade e rentabilidade das culturas em anos normais.

Recentemente 2 produtores de hortaliças,Selmo Eberhardt  e Elson Ernane Schmacher, ambos de Bela Vista, foram beneficiados com recursos da SDR (Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo), através do FEAPER (Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais) e tiveram seus projetos concluídos e instalados, somando 0,61 hectares de horta irrigados.

A Emater/RS-ASCAR, divulga e executa diversas políticas públicas estaduais, entre elas o “Programa Mais Água Mais Renda” da SEAPI (Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Irrigação). Esse programa estadual, está em vigor há 4 anos. Pequenos agricultores que se enquadrarem nas regras, têm toda documentação ambiental encaminhada e recebem subsídio, na forma de reembolso de 100 % da primeira e 100% da última parcela do investimento na linha “Pronaf Mais Alimentos” para pagar em 10 anos. A Emater/RS-ASCAR elaborou até o momento 47 projetos, dos quais, 20 foram concluídos, totalizando uma área de 61,36 hectares.Todos por sistema convencional de aspersão e na sua grande maioria, em áreas de pastagem para o gado leiteiro.

Eng. Agr. Diogo Krann Danda

Chefe do Escritório Municipal da Emater Giruá.

Fone: 3361 1730 Email:[email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *