Encontro de Valorização dos Butiazais é realizado em Giruá

Encontro de Valorização dos Butiazais é realizado em Giruá

12 de julho de 2018 0 Por admin
<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

Entidades e produtores reforçaram o engajamento na valorização dos butiazais, especialmente no Noroeste Gaúcho, em Encontro realizado nesta quarta-feira (11/07), no município de Giruá. No evento, que aconteceu na Câmara de Vereadores, foi feita a entrega de certificados vinculados à certificação ambiental agroflorestal e extrativista. A organização do Encontro de Valorização dos Butiazais foi uma iniciativa da Associação Regional de Educação, Desenvolvimento e Pesquisa (Arede) e da Associação Ecobutiá.

Em um primeiro momento foi realizada a entrega dos certificados emitidos pela Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) aos agricultores locais, firmando o extrativismo sustentável dos butiazeiros. Ações como o uso do butiá em propostas de consórcio com outras culturas, a agroindustrialização, a comercialização in natura e a produção de artesanato têm sido estimuladas. Apoiam o evento entidades como Emater/RS-Ascar, Prefeitura de Giruá, Poder Legislativo municipal, Central de Cooperativas Unicooper, Setrem, Embrapa, Cooperluz e Fundação Luterana de Diaconia (FLD).

O lançamento da publicação “Butiá, potenciais e usos sustentáveis”, resultado da parceria da Arede e da FLD, também foi um dos destaques do Encontro. A cartilha tem como proposta principal divulgar os potenciais e usos dos butiazeiros, em um contexto de conservação e exploração sustentável. Na publicação são destacadas as regiões de ocorrência do butiá, produção e manejo, múltiplos usos, perspectivas da agroindustrialização e comercialização, eventos e desafios em relação à conservação e à exploração sustentável dos butiazeiros.

Crédito foto: Gilmar Vione, Emater/RS-Ascar

<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>
<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>