Governo acolhe argumentações e Missões se mantêm na bandeira laranja

Governo acolhe argumentações e Missões se mantêm na bandeira laranja

16 de junho de 2020 Off Por admin
<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

 

Em transmissão via redes sociais na tarde desta terça-feira, 16, o governador do Estado, Eduardo Leite, anunciou que os dados compilados pelas secretarias de Estado da Saúde e do Planejamento, tiveram os indicadores revistos e a região das Missões continua na bandeira laranja, com restrições mais brandas em relação à bandeira vermelha, acolhendo às argumentações do prefeito Jacques Barbosa e dos demais mandatários missioneiros.
“Embora os indicadores estejam no limite das bandeiras, não há clareza do agravamento da situação”, disse o governador ao avaliar a estabilidade nas internações hospitalares com base nos dados da macrorregião de Santo Ângelo.
O prefeito Jacques Barbosa afirmou que o Governo do Estado fez justiça com a região. “O Governo do Estado foi justo com Santo Ângelo e com a região missioneira e teve a grandeza de reconhecer que estamos trabalhando para amenizar os reflexos da pandemia”.
Jacques disse que, em reunião com o Comitê Temporário de Enfrentamento ao novo Coronavírus, na tarde desta terça-feira, 16, determinou mais rigor nas ações território de Santo Ângelo para conter o avanço do contágio. As medidas incluem severidade na fiscalização e ampliação das ações de prevenção e de combate ao novo Coronavírus.
MUDANÇAS NO DISTANCIAMENTO
O governador também anunciou que os dados serão compilados na quinta-feira e a troca de bandeiras passará a ser anunciada às sextas-feiras, e não mais aos sábados, com validade a partir da terça seguinte, e não mais às segundas-feiras, permitindo que os municípios tenham prazo para contestar os dados lançados.

Foto: Fernando Gomes/Arquivo

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Santo Ângelo

<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>
<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>