Justiça assina acordo com a Aneel para integração do setor elétrico ao consumidor.gov.br

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor, e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) assinaram, na terça-feira (26), acordo de cooperação técnica que permite a adesão do setor elétrico à plataforma www.consumidor.gov.br.

A ferramenta permite uma comunicação direta entre consumidor e empresas participantes que se comprometem a receber, analisar e responder as reclamações de seus consumidores em até dez dias. Com isso, o Ministério e a Aneel farão o monitoramento, em âmbito coletivo, dos dados das reclamações formuladas pelos consumidores de energia elétrica contra as empresas do setor.

Para o ministro Sergio Moro, a integração oferece mais uma opção para o consumidor se manifestar sobre a prestação de serviços do setor elétrico. E, consequentemente, possibilita melhoria no sistema. “Vamos continuar dando todo apoio para que essa plataforma continue fortalecida e abranja o maior número possível de consumidores”, frisou.

“Com esse passo, estimamos soluções mais rápidas e eficientes para os conflitos”, disse o diretor-geral da Aneel, André Pepitone.

 A plataforma é um serviço público, gratuito e transparente. Segundo o secretário nacional do consumidor, Luciano Timm, a Plataforma recebeu 2,3 milhões de reclamações em quatro anos. Ele destaca ainda que o nível de resolução é alto (83%) e rápido (em seis dias).

Fonte: Ministério da Justiça e Segurança Pública

(function() {
var po = document.createElement(‘script’);
po.async = true;
po.src = document.location.protocol + ‘//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1’;
var head = document.getElementsByTagName(‘head’)[0];
head.appendChild(po);
}());

Fonte: Governo do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *