Município de Giruá suspende aulas até dia 2 de abril e transfere a 14ª Feira do Butiá

Município de Giruá suspende aulas até dia 2 de abril e transfere a 14ª Feira do Butiá

17 de março de 2020 Off Por admin
<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

 

Em decorrência da pandemia que afeta o mundo todo, inclusive o Brasil, o município de Giruá precisou tomar algumas medidas de prevenção visando a segurança sanitária dos munícipes. A 14ª Feira do Butiá está suspensa até segunda ordem, assim também como as aulas da rede municipal de ensino que terão suas atividades suspensas até o dia 2 de abril.

Pensando na gestão de crise e riscos que o prefeito Ruben Weimer instituiu nessa manhã um comitê gestor para tratar do assunto, sendo composto pelo secretário de Saúde, Fernando Cavalheiro, o presidente da 14ª Feira do Butiá, Fábio Rucks, o presidente do Poder Legislativo, André Kuhn, o representante da ACIGI, Claudinei Grutzmann, representante do Lar da Velhice, Itamir Machado, representante da SMEC, Denise Weber, representante da EMATER, Helena Sandri, representando o Sindicato dos Municipários, Luciano Machado e o representante da imprensa local, Juliezer da Veiga.

A ata lavrada na data de 17 de março pelas assessoras jurídicas Tanise Maciel e Riane Mucha ainda constou a possibilidade de incluir o surto de coronavírus no decreto de emergência da estiagem que será publicado ainda hoje. A reunião reforçou a necessidade de conscientização através dos meios de comunicação e das redes sociais com a finalidade de apresentar os riscos que essa pandemia causaria em nosso sistema de saúde que colapsaria com os casos, pois nossos leitos e profissionais são limitados e não suportariam um surto, além de que atingindo grupos de risco levaria a morte de muitas pessoas.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Prefeitura Municipal de Giruá

<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>
<script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- NoroesteRS Horizontal Interna -->
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-client="ca-pub-6671241058894185"
     data-ad-slot="5444180360"
     data-ad-format="auto"
     data-full-width-responsive="true"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>