Rede Municipal de Ensino proporciona merenda escolar em forma de marmitas nas escolas


Alunos da rede municipal de ensino continuam sem aula por conta do distanciamento social. Com isso, a prefeitura através da Secretaria de Educação e Cultura, decidiu continuar entregando a alimentação aos alunos em forma de marmita, seguindo modelo do ano anterior.

As escolas foram orientadas pela equipe da Secretaria de Educação para seguir todas as normas de higiene e segurança, tanto durante o preparo quanto na distribuição das marmitas. Os pais ou responsáveis podem solicitar a refeição diretamente na escola onde o aluno é matriculado, sempre no dia anterior a entrega, que ocorre nas terças e quintas-feiras. Os Alimentos são produzidos pelas merendeiras, seguindo as orientações e cardápio estabelecido pela nutricionista Gisele Hanauer da SMEC. “Organizamos as marmitas conforme o que já costumávamos ofertar para as crianças nas escolas, além de ser tudo preparado com todo amor e carinho pelas nossas dedicadas merendeiras” frisou Gisele. A marmita ou “kit”, é composta por 1 porção de proteína (carne), 1 ou 2 carboidratos (arroz, massa, batata e mandioca), 1 porção de leguminosa (feijão ou lentilha) e uma porção de salada e/ou legumes, além de pão, biscoito, fruta, bebida láctea e leite, para fornecer ao aluno uma refeição completa, manter uma boa alimentação e evitar a desnutrição das crianças no período de afastamento escolar.

A secretária Palmiéri Ruschel Wiellens, explica que é a continuidade de uma ação que visa suprir a ausência da merenda escolar neste momento, cientes das dificuldades das famílias, considerando a questão nutricional essencial para as crianças.

“As escolas oferecem de uma a quatro refeições ao dia, como não voltamos às aulas presenciais, pensamos nessa ação de cuidado e atenção, para oferecer uma alimentação saudável às crianças do nosso município”, aponta a secretária Palmiéri. Até o momento, estão sendo entregues uma média de 1.200 marmitas por semana, com o investimento mensal, nesse primeiro mês, de aproximadamente R$ 52 mil.

Fonte: Prefeitura Municipal de Giruá