Santo Ângelo ratifica articulação para voos a São Paulo

A questão envolvendo as tratativas para que Santo Ângelo possa receber os voos da Gol Linhas Aéreas com destino a São Paulo no Aeroporto Regional Sepé Tiaraju, a partir da interdição do Aeroporto Lauro Kortz, de Passo Fundo, que está passando por reformas, foi a pauta do encontro no Gabinete do Prefeito Jacques Barbosa na manhã desta segunda-feira (21), com a presença do ex-comandante geral da Brigada Militar, coronel Nilson Nobre Bueno, o gestor de Segurança Operacional da Sala de Rádio do Aeroporto Regional Sepé Tiaraju, Paulo Dalla Porta, e o presidente da Acisa Missões, Felipe Fontana.
As opções para sediar os voos da Gol para São Paulo são os aeroportos de Santo Ângelo e de Chapecó. O prefeito Jacques, as entidades empresariais, com apoio do deputado estadual Eduardo Loureiro já colocaram o aeroporto local à disposição do Estado e cobram a articulação do governo junto à companhia aérea. A definição deve ocorrer nos próximos dias. Na oportunidade, foram tratadas questões relacionadas à mudança de categoria do Aeroporto Sepé Tiaraju e as novas exigências.
Jacques ressaltou que o município está cadastrando a solicitação junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para que o aeroporto de Santo Ângelo possa estar certificado para receber aeronaves de grande porte. O aeroporto foi reformado em 2017 e está em condições de retomar as operações de pousos e decolagens.
Para o prefeito, os voos a São Paulo beneficiariam os demais municípios da região. “Devem trazer impacto no desenvolvimento econômico da região, com reflexo no turismo missioneiro, além de colocar Santo Ângelo na rota nacional”, disse.
O aeroporto de Santo Ângelo operava voos comerciais da Azul para Porto Alegre, mas estão suspensos desde março devido à pandemia.
O Estado deu início ao edital de licitação para contratar empresa que fará os projetos base e executivo de ampliação do aeroporto. Serão construídos um novo terminal de passageiros, sala de embarque e desembarque, posto de abastecimento e instalações para o Corpo de Bombeiros. As obras devem iniciar em 2021.

Foto: Fernando Gomes

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Santo Ângelo